Últimas Notícias

Turismo Cervejeiro em Paris - parte 1

Saiba como conciliar seu roteiro turístico em Paris com sua paixão por cervejas

Por Amanda Henriques

Quando entramos no mundo da cerveja artesanal nosso espírito explorador fica aguçado: queremos conhecer novos rótulos, estilos, todas as novidades e invenções cervejeiras possíveis! E não é difícil que isso acabe se tornando uma pulga na cueca, um bicho carpinteiro, uma vontade serelepe de conhecer outras escolas cervejeiras, templos, fábricas... Basicamente empacotar o necessário e viajar em nome do malte, do lúpulo, amém.


Um dos destinos mais visados é a Europa, que pela proximidade entre os países e a variedade de escolas, proporciona uma gama de experiências diferentes em curto espaço de tempo. Você pode visitar a Alemanha e desfrutar de um padrão técnico de qualidade até mesmo em larga escala, a Bélgica e se aventurar entre mosteiros e lambics, entrar numa aventura inventiva das cervejarias holandesas como a De Molen e Brouwerij 't IJ, resumidamente: cada país proporciona um prazer e aprendizado diferente.

MAS... Há momentos em que a coisa complica. Somos cervejeiros, mas não monotemáticos. Os interesses da Maria Cevada [falar na 3ª pessoa é coisa do Pelé e da Amanda e Anderson, editores desse blog] vão além das cervejinhas, e coordenar o tempo de uma viagem entre nossas paixões fica especialmente complicado, principalmente em uma cidade tão rica quanto Paris.

Pensando nisso, vamos dar dicas para você aproveitar Paris de forma cervejeira, mas dentro da realidade: ninguém nunca consegue aproveitar Paris inteira em uma viagem de curta duração e TEMPO é coisa preciosa!


Situação 1: Só tenho uma noite para aproveitar em bares

Para otimizar a sua vida, vamos sugerir o bairro boêmio de Menilmontant. Ele fica no 11e arrondissement. Lá, você vai conseguir fazer uma minibaratona de cervejas artesanais. O ponto de visita obrigatório é o La Fine Mousse e se você quiser arriscar uma nova experiência na mesma noite, passe no Le Trois 8.


La Fine Mousse


O La Fine Mousse foi o meu bar preferido de Paris. Conseguimos ir numa sexta-feira e estava supermovimentado, com uma trilha sonora gostosa.



O atendimento segue esse clima descolado: quer pedir cerveja? Vá até o bar.
As opções são variadas: são 20 torneiras (20!) com cervejas inglesas, francesas, belgas de estilos diversos. No cardápio você também encontra cervejas de garrafa. 



Ficamos entre as opções francesas. E você pode dar uma
espiadinha nas torneiras que estavam plugadas aqui,

Etoile du Nord uma Saison da francesa Brasserie Thiriez
Agent Provocateur da Craig Allan (uma Belgian IPA francesa)
Uma Black IPA chamada Black Bear Beer, minha preferida da noite da Brasserie de Fleurac (FR)
West Coast IPA da microcervejaria francesa Brasserie Outland
Taras Boulba, uma Belgian Pale Ale da Brasserie de la Senne
E a Silvanecte, uma Belgian Tripel interessante da Brasserie St Rieul (FR)


La Fine Mousse
Endereço: 6 Avenue Jean Aicard

Le Trois 8



O bar tem um estilo mais rock e fica bem próximo ao metrô de Menilmontant. Pedimos uma tábua de queijos que veio absurdamente bem servida e variada. O bar tem 8 torneiras que estavam bem lupuladas no dia. 


Crédito da Foto: Le trois 8
Bar bom pra trocar ideia e sentir o espírito boêmio de Paris. Menilmontánt não é um bairro visado pelos turistas, o que torna a cena mais legítima e gostosa.


Crédito da Foto: Le trois 8
Le Trois 8
Endereço: 11 Rue Victor Letalle

Um comentário:

  1. Oh voila! That is me there in the white head scarf, sister! I am sad you didn't pull me aside for a hello and I'm surprised I didn't recognize you. I follow your blog and often repost from it on TastingNitch.com. I work closely with La Fine Mousse, Supercoin, Express de Lyon and many of the other up and coming local craft beer places so next time you are in Paris, shoot me an email and I'll give you the insider's scoop!

    -Nitch

    ResponderExcluir