Últimas Notícias

Comida di Buteco 2013: críticas dos petiscos na reta final!

O Comida di Buteco vai acabar nesse fim de semana! Então leia as dicas para investir nos lugares que estão mandando bem no concurso.

Falta pouco para termos o resultado do concurso mais saboroso do ano. O Comida di Buteco mais uma vez valorizou nossa gastronomia de raiz e a cerveja gelada do nosso Brasil  na sua edição de 2013.

E para mostrar como foi o evento, hora de convocar a máfia de amigos apaixonados por boteco e partir para a missão chata de degustar essas delícias pelo Rio de Janeiro.

Não deixe de ler também: 5 bares de cervejas especiais do Comida di Buteco 2013

Da Gema
Por Thanise Carvalho



Atoleiro Carioca: Excelente prato. Por mais que você estranhe um pesto de agrião, a combinação com a carne de peito, a linguiça e aipim é um casório perfeito. O prato é extremamente harmonioso e simpático. Vem acompanhado de pão de sal pra aproveitar todo o molho pesto. A linguiça é apimentada, mas não tanto. A pimenta que acompanha é bem saborosa e até mesmo os que tem medo de pingar aquela gotinha pode se sentir confiante pra experimentar uma. (Pra mim a linguiça é até mais apimentada que a pimenta do molho que acompanha).
Comida típica de boteco e num lugar bem bacana. Cervejas bem geladas, prontas pra acompanhar os petiscos.


Botero
Por Jéssica Socas


A apresentação foi muito boa e a ideia também. O petisco estava gostoso e só deixou a desejar porque mais parece uma entradinha do que um petisco de boteco em si. A nota que dei para o Botero foi 7, mas o destaque mesmo foi a cerveja bem gelada e o atendimento muito bom! (coisa rara).












Rio Brasília
Por Thanise Carvalho


Porpeta do Presidente JK: É uma boa porpeta, mas é bom ter cuidado com o molho de maionese que vem acompanhando. Ele é bem picante e os mais intolerantes podem perder o paladar. O recheio é bem molhadinho, a combinação é gostosa, mas não passa muito disso. No bar as cervejas diferentes são as "não tem" e a "acabou". Palavras do próprios garçom, que de início não serviu Original alegando ter acabado, e fomos induzidos a beber Heineken, nem tão gelada.


Caldo Beleza
Por Jéssica Socas


Linguiça Abestada: Esse é um dos casos em que a primeira (má) impressão é a que fica. Acontece que a Linguiça Abestada que chegou na mesa era completamente diferente da foto maravilhosa do petisco no site do Comida di Buteco. Dá pra entender que os pratos sejam bem produzidos para promover o concurso, mas vamos combinar: a foto acima nada tem a ver com essa. E ainda: a comida estava muito salgada.


Benditho
Por Amanda Henriques


Bendigateau: Um petisco criativo e a preço justo com apresentação que não deixou a desejar. O Benditho fez bonito com seu petisca inusitado: o Bendigateau. Massinha de aipim recheada com queijo e calabresa, uma delícia. Fiquei na espera da salada prometida na foto. No lugar dela foram servidos alguns legumes em fatias finas em molho agridoce. Pois bem, valeu o 9 pelo prato.
O Benditho tem uma carta bem interessante de cervejas. Sabe mostrar que para servir cerveja boa não precisa oferecer apenas as gringas: o cardápio tem uma seleção de bons rótulos nacionais.
Infelizmente o atendimento não foi bom. Esqueceram pedidos, esperei por muito tempo (MUITO MESMO) para saber o preço de alguns rótulos e era bem difícil chamar o garçom.

Adega Pérola
Por Thanise Carvalho



Linguiça de Baco: Comida de boteco de verdade num ambiente de boteco de verdade. Você entra e encontra diversos petiscos "expostos no balcão". De cara você já vê aquela linguiça ali, inteira e pensa "vou comer aquilo que está ali? Ok então!". E o prato não decepciona quando chega na mesa: apresentação boa e acompanha pão pra você aproveitar todo o caldo da linguiça (que é banhada no vinho) e o molho gorgonzola. Com o toque final da cebola, toda mistura fica muito boa e você consegue identificar cada sabor. As cervejas não estavam tão geladas e só tinha a Therezópolis além das marcas de massa.

OFF: Como no Da Gema pedir o pastel de feijão gordo é quase obrigatório, lá no Adega Pérola o pedido que não pode faltar é o bolinho de bacalhau. Nada daquele "batatalhau". Tem bastante bacalhau e é muito gostoso.

Angu do Gomes
Por Amanda Henriques




É claro que engorda!: Pensar na descrição do petisco do Angu do Gomes já dava água na boca. Alguns amigos que foram ao bar elogiaram bastante, mas a minha experiência foi bem ruim. As linguiças empanadas chegaram com uma crosta molenga e gordurosa, nada crocante. Isso fez com que o prato ganhasse uma aparência estranha. Só o que salvava era o aipim, mas era realmente necessário ter aipim no petisco? A cerveja estava gelada, mas ao pedirmos Original, o garçom falou que não tinha. Dois minutos depois serviu uma Original na mesa ao lado.
Entendo que a Heineken patrocine o concurso e que por isso os bares vão tentar estimular o consumo. Mas... A decisão pelo que vou consumir, meus caros, ainda é minha.


Boteco Carioquinha
Por Amanda Henriques


O Boteco Carioquinha tem muitas cervejas especiais. Um catálogo de sonho. Vale visitar esse cantinho da Lapa e se deliciar com a diversidade de rótulos. O petisco do Carioquinha, para mim, foi o mais saboroso do concurso até agora. Não é o retrato fiel da propaganda do site do Comida di Buteco, mas o sabor... Eu estou sonhando com aquele lagarto recheado até agora. #gorda
Tenro, bem temperado,  acompanhado de uma mostardinha deliciosa em uma porção generosa. Pra mim, é O prato. Aliás, mais prato do que petisco em si. Uma delícia.
A brincadeira foi acompanhada por uma Mississipi e uma Zoontje.







Bar do Oswaldo
Por Anderson Senne




QI do Oswaldo: O tradicional Bar do Oswaldo, na Barra da Tijuca, entrou de sola na competição Comida di Buteco 2013. O petisco QI do Oswaldo foi feito para ser realmente comida de boteco: simples, bem servido, fácil de comer com a mão e muito saboroso.
 O prato é um aipim, enrolado com bacon acompanhado por um molho bechamel (o nome é chique, mas não é nada mais do que leite, farinha e manteiga).  Foi servido bem rápido e a apresentação era idêntica a da foto do cardápio do evento.
O forte do bar não são as cervejas, mas sim as famosas batidas, que até chegaram a combinar bem com o prato. Mesmo assim, além das batidas, não podia faltar uma cervejinha na mesa e uma pilsen deu conta do recado tranquilamente. Uma stout “leve” também combinaria.  A cerveja estava gelada no ponto certo e o atendimento foi excelente.
Ganhou 10 em todas as categorias.


Baixo Gago
Por Amanda Henriques



Empada Sinhá Moça: o petisco foi frustrante. A massa de aipim da empada era ofuscada pelo recheio de linguiça que não era nem lá essas coisas. Pagamos R$ 19,90 por uma porção de três empadas pequenas e a noite só foi salva pois o petisco Doritos que participa da promoção é realmente gostoso. Mas essa já é outra avaliação... Você encontra Norteña e Quilmes por lá. 


Bar da Nalva
Por Anderson Senne



Nalva Surpreendeu, #sóquenão

A cara é de petisco de boteco mesmo. De boteco da velha guarda. Servido em travessa de alumínio e "toma o paliteiro". No Bar da Nalva ainda rolava uma feijoada para dar ainda mais o clima de botecão de Santa Teresa.

A Surpresinha da Nalva (Rolete de bata portuguesa frita e empanada, recheado de frango e bacon, servido com molho especial da Nalva) deixou a desejar. O petisco não tinha muito a ver com a foto apresentada na página do evento e a porção era bem pequena. Chegou já frio na mesa, um pouco duro e com MUITOS palitos de dente para segurar o “enroladinho” recheado. Uma pena, pois fiquei animado com o ambiente no dia. Quero deixar bem claro que o petisco não estava ruim, mas o esperado não era bem aquele, ainda mais pelo preço cobrado. Outro ponto que vale citar foi a ausência dos ingredientes base deste ano: A linguiça e o aipim. De qualquer forma, a cerveja estava bem gelada e o atendimento foi bom.
As notas: Petisco: 4 /Atendimento: 9 / Cerveja: 10 / Higiene: 9

Palhinha
Por Amanda Henriques

Palitinhos Sensações: O atendimento do garçom foi muito atencioso e a cerveja estava geladinha. Pedimos o petisco do concurso e ele não demorou nem 5 minutos para chegar à mesa. E-xa-ta-men-te como na foto! Incrível. O prato é original: palitinhos de massa de aipim e queijo, combinados à geleia de pimentão e molho indiano. Molhos que também combinavam com a linguiça de javali preparada com carinho na pimenta. Maravilhoso e mereceu muito o 10. P.S.: o banheiro estava limpo. Até em higiene o bar gabaritou a minha cédula de votação.






Quer participar também? Mande as avaliações dos bares que você visitou durante o concurso para achamanda@gmail.com
Os redatores não são jurados oficiais do concurso.



Nenhum comentário