Últimas Notícias

Moinho de rolos ou de discos? Qual é o melhor para fazer cerveja em casa?

Qual é o melhor equipamento para moer o malte na fabricação caseira de cerveja?

Fala pessoal, tudo bem? Hoje nós vamos falar um pouquinho sobre cerveja caseira, mais precisamente da etapa de moagem dos grãos.




Produzir cerveja muitas vezes parece uma ciência exata em que quantidades de ingredientes, temperaturas de cada etapa e outras variáveis seguidas à risca serão cruciais para a qualidade da cerveja. Mas o que me deixa encantada em muitos encontros cervejeiros é como cada caseiro adapta seus equipamentos ao seu “estilo de produção”. Há quem prefira chiller de placas e quem prefira chiller de imersão, cervejeiros que amam hop bag e os que não veem graça e, chegando no ponto que vamos falar hoje, quem prefira moinhos de discos ou moinhos de rolos.

Para ser utilizado na fabricação de cerveja, o malte deve passar pela moagem, etapa crucial no processo de produção de cerveja. Para esta tarefa deve ser utilizado um moedor, também conhecido como moinho.




Existem diferentes tipos de moinhos. Atualmente utilizamos o moinho de discos lá em casa e muita força braçal. Até tentamos utilizar o truque de deixar todo o trabalho de girar o moinho por conta de uma furadeira, mas os resultados que conseguimos não foram bons nem para o moinho, nem para o malte e nem para a coitada da furadeira, que quase quebramos. É possível, muita gente faz, mas na prática não conseguimos - precisamos de uma nova furadeira... Preguiça $ :(


Trecho de um vídeo do Leonardo Botto mostrando como é o combo Moinho de Disco + Furadeira

Os resultados do moinho de discos são aceitáveis. Ele é composto por discos que ao se encontrarem, espremem o malte seco quebrando suas casquinhas e expondo suas partículas fermentáveis. Ele é bem artesanal e precisamos girar no “braço”. Dá pra controlar o espaço entre os discos, mas requer cuidado – quando muito apertados, os discos moem demais o malte, destruindo as casquinhas que servem como “cama” do mosto no momento da filtragem. Elas ajudam muito na missão de não entupir o equipamento. Já quando está muito folgado, simplesmente não quebra os grãos e, isso vai impactar negativamente na qualidade e eficiência da sua produção cervejeira. O jeito é encontrar um meio termo, mas é um pouco difícil não perder parte dos grãos e casquinhas por não moer ou moer demais.

Por isso, estamos começando a cogitar o uso de um moinho de rolos para aumentar a eficiência da nossa produção. Ele é composto por dois ou três rolos, que quebram os grãos de uma forma mais homogênea, expondo o interior grãozinho e deixando as cascas inteiras.



Nós conseguimos uma parceria com a Cerveja da Casa, a primeira empresa que começou a fabricar moinhos de rolos no Brasil. Atualmente os kits cervejeiros da loja online já vem com esse moinho de rolo (agregou valor!). Em breve nós vamos contar a experiência e fazer uma comparação aqui no site, fechado? ;)

Trecho do Youtube Cerveja da Casa mostrando o funcionamento do moinho de rolos!

Eles têm vários modelos de moinho de rolos no site para venda avulsa, além de equipamentos, insumos, chopeiras, instrumentos de medição, tudo mesmo! É uma loja bem completa para quem quer começar a produzir a sua própria cerveja em casa. Vou deixar o site aqui: www.cervejadacasa.com

E você? Tem dicas para compartilhar sobre moagem de grãos? Deixe um comentário aí na matéria.

Nenhum comentário