Últimas Notícias

Como utilizar o Densímetro na sua Cerveja

Dicas para você utilizar o densímetro na produção de sua cerveja.

O densímetro é um item muito importante para a produção da sua cerveja, pois será com ele que você terá a medida exata do teor alcoólico da sua cerveja.
Ele é um equipamento simples e que serve para medir a densidade (ou massa específica) de determinada solução. Ou seja, no caso dos cervejeiros caseiros, ele ira medir a quantidade de açúcar presente na sua cerveja.






E como funciona?
O densímetro mais utilizado pelos cervejeiros caseiros possui graduação entre 1.000 e 1.100, o que permite fazer a leitura de cervejas até um alto teor alcoólico.
A densidade da água pura é de 1.000 e quanto mais açúcar estiver diluído na água, maior será sua densidade e, consequentemente, maior a leitura no densímetro.
Vale lembrar que para ter essa medição, você precisará também de uma proveta (que está ao lado do densímetro na foto abaixo).


Quando cozinhamos os grãos e fervemos o mosto, estamos preparando um líquido com grande quantidade de açúcares para as leveduras trabalharem na fermentação. E é a densidade desse liquido que vamos medir com o densímetro, mas em diferentes etapas, para termos a medida exata do teor alcoólico.

Medindo sua Densidade Inicial
A Densidade Inicial (também conhecida como Original Gravity ou OG) será medida logo após o resfriamento do mosto (após a fervura), e antes da inoculação das leveduras.
basta encher a proveta até um pouco menos do que sua capacidade total e colocar o densímetro dentro. Assim que o densímetro estabilizar no líquido, veja qual a marcação que está na linha do líquido. Esta será sua Densidade Inicial ou OG.



Medindo sua Densidade Final
A Densidade Final também é conhecida como Final Gravity ou FG e os procedimentos serão os mesmo, mas apenas depois do término da fermentação. Após o término da fermentação, os açúcares fermentáveis do mosto já terão sido consumidos pelas leveduras, gerando álcool e CO2. Antes de engarrafar sua cerveja, você vai retirar uma quantidade deste líquido e colocar na proveta. Daí, colocará p densímetro dentro dela e terá a medição final da densidade de sua cerveja. Essa será sua Densidade Final (ou FG).

A diferença entre a Densidade Inicial e a Densidade Final mostrará quanto de açúcar foi consumido na sua cerveja durante a fermentação. Esses valores serão os informativos necessários para que você tenha o teor alcoólico da sua cerveja.

Esses dados você pode colocar em softwares de produção de cerveja ou em calculadoras disponíveis online para que tenha o valor do teor alcoólico (ABV). Você também pode utilizar umas dessas fórmulas abaixo, retiradas da apostila de produção de cervejas do CervejaDaCasa.com:


  •  ABV= (OG - FG)*131
  • ABV= ((OG - FG)/0,75)*100
  • ABV= (OG - FG)/0,00738
A diferença nos valores entre as fórmulas é algo entre 0,2% e 0,1% de teor alcoólico.

Pontos Muito Importantes:
1 - Os densímetros costumam ser calibrados para a temperatura de 20° C. Ou seja, essas medições deverão ser feitas com o líquido nessa temperatura. Caso contrário, os valores não serão precisos. 
Contudo, você pode utilizar a tabela abaixo para corrigir sua densidade caso a temperatura esteja diferente dos 20° C:

Crédito: Blog Lamas

2 - Atente para que seu densímetro não esteja apoiado nas paredes da proveta, pois você terá uma medição errada da sua densidade.

3 - Por segurança e afim de evitar possíveis contaminações, não retorne para o balde a amostra que você retirou para a medição. Você já se preocupou tanto com sua cerveja, não vá dar bobeira agora!

4 - Caso você faça priming na sua cerveja (clique aqui para entender como funciona o priming), tenha em mente que seu teor alcoólico terá um acréscimo de cerca de 0,2%.

Pronto! Agora você já sabe como utilizar seu densímetro e como medir o teor alcoólico de sua cerveja.


E se você tem alguma dúvida, por favor, mande aqui para a gente!

Saúde e Boas Cervejas!

Nenhum comentário