Últimas Notícias

Pilsen - A terra das cervejas douradas

Pilsen é uma cidade fantástica para quem quer vivenciar a história da cerveja de perto. Foi nessa pequena cidade da República Tcheca que nasceu o estilo de cerveja mais consumido no mundo: as Pilsners.

🌍🍻❤️ Estamos em Pilsen, a terra mãe das cervejas douradas! Viemos à República Tcheca visitar a fábrica da Pilsner Urquell, considerada a primeira Pilsner do mundo. Visitamos a fábrica, exploramos os túneis no subsolo da cidade, tomamos a cerveja direto do barril, não filtrada e não pasteurizada, quase histórica! E para a nossa sorte, caímos em Pilsen no dia da festa de aniversário de 174 anos da fábrica! Vocês acompanham tudo no Instagram Stories... E ainda tem uma dica sensacional em Pilsen que contaremos mais tarde! Siga a @mariacevada e acompanhe as melhores dicas cervejeiras pelo Brasil e pelo mundo! 🍻🍻🍻 #cerveja #cervejaartesanal #mariacevada #pilsnerurquell #pilsen #cervejadodia #confraria27 #cervejabrasileira #republicatcheca #viagem #beertrip #beer #breja #bera #cerva #pivo #piva #chope #cervejinha #mulherescervejeiras #beergirl #beergeek #beerporn #birra #bier
Uma foto publicada por Maria Cevada - Cerveja 🔞 (@mariacevada) em


Na nossa última viagem cervejeira passamos por lá e exploramos a pequena cidade. Sugerimos um roteiro de dois dias para conferir o que a cidade tem a oferecer. Em Pilsen, você pode visitar a fábrica da Pilsner Urquell, conhecer as caves que percorrem quilômetros subterrâneos e até entrar em uma banheira de cerveja em um spa relaxante. Nós experimentamos!

Confira as dicas:

Museu da Cervejaria e Beer Underground

Desde o século 13, os habitantes de Pilsen faziam uso de caves como uma extensão de suas próprias casas. Eles estocavam comidas em túneis subterrâneos que mantinham uma temperatura fria constante e interligavam a cidade por baixo da terra.

Esses túneis também eram fundamentais para defesa e fortificação da cidade durante conflitos - há uma verdadeira cidade abaixo da cidade e até hoje esses túneis estão preservados e abertos à visitação.

Parte dos túneis onde eram armazenados barris de cerveja!

Conhecer as técnicas de construção desses túneis favoreceu na escolha do melhor local de construção da fábrica da Pilsner Urquell, pois já era esperado que a fábrica precisasse dessas baixas e constantes temperaturas para estocar seus gigantes barris de madeira que permitiriam a produção de cervejas de baixa fermentação e o nascimento das primeiras Pilsen.

Booking.com
Ele fica situado bem no centro de Pilsen e a entrada é pelo Museu da Cervejaria, local onde existia a antiga cervejaria da cidade. Eles possuem tours guiados em Tcheco, Inglês e Alemão, mas é bom checar o horário correto para o idioma escolhido.
O Museu da Cervejaria não é grande, mas tem diversos itens e lembranças cervejeiras a venda.
Vale a pena comprar o pacote completo, que dá direito à visita ao Museu da Cervejaria, ao subsolo histórico de Pilsen e à Fábrica da Pilsner Urquell. No final do Tour, você recebe um ticket para degustar uma Pilsner Urquell não-filtrada, em alguns bares selecionados, uma cerveja exclusiva e que você só poderá beber lá!

Entrada do Museu da Cervejaria e Beer Underground

Endereço: Veleslavínova 58/6, 301 00 Plzeň 3, República Tcheca
Site: http://www.plzenskepodzemi.cz/en
Preços: http://www.plzenskepodzemi.cz/en/cena-prohlidky/
Horários:
Outubro a Março: Diariamente, de 10h às 17h
Abril a Setembro: Diariamente, de 10h às 18h
Duração do Tour: cerca de 50 minutos.



A HISTÓRIA DA PILSNER URQUELL - A HISTÓRIA DO ESTILO PILSEN

Em 1838, a cidade acordou em um cenário estranho. Duzentos e cinquenta burgueses que possuíam direitos de fabricação de cerveja em Pilsen jogaram fora 36 barris de cerveja e decidiram que algo tinha de ser feito para melhorar a qualidade da cerveja local. As cervejas importadas mais baratas ameaçavam o mercado a medida que as redes de transporte evoluíam e o preço alto praticado pelas tabernas acabava piorando o quadro, fazendo com que as cervejas locais fossem consumidas já azedas.

Foi então que um comitê da cidade decidiu fundar uma única nova cervejaria que seria controlada pela cidade e deu início aos planos em 1839 com o projeto do arquiteto Martin Stelzer. Nascia a fábrica da Pilsner Urquell.



Josef Groll foi o cervejeiro visionário escalado para essa missão. Ele substituiu os maltes escuros tradicionais por um malte mais claro graças a um novo processo de secagem, utilizou os lúpulos Saaz da região, fez uso de uma tripla decocção e se beneficiou da leveza da água da região combinados a uma nova levedura bávara e ao inovador método de baixa fermentação para alcançar finalmente o seu sonho em 1842: criar uma cerveja brilhante, dourada, leve com sabor rico de maltes e lúpulos, refrescante e com final arredondado. E em 5 de outubro de 1842, para a felicidade de todos, o primeiro barril da Pilsner foi aberto (guarde bem essa data!).

Essa inovação foi impulsionada por outro momento histórico: a ascensão da indústria do vidro. Nessa época as cervejas eram escuras e turvas, com aspecto bem feio, mas como os copos e canecas eram de porcelana e madeira, as pessoas não se importavam muito com a aparência das cervejas. Com o surgimento dos copos de vidro, o produto chamou ainda mais a atenção dos consumidores e passou a ser exportado algumas décadas depois.



O surgimento da Pilsner Urquell colocou a pequena cidade de Pilsen no mapa e até hoje a cerveja é considerada a mãe de todas as pilsner, a pilsner original. Até hoje apenas a Pilsner Urquell pode utilizar o termo pilsner na República Tcheca, apesar de outras marcas pelo mundo adotarem a nomenclatura. Essa relação simbiótica com a história da cerveja pode ser a origem de uma curiosidade - a República Tcheca é a maior consumidora de cerveja do mundo com uma média de 150 litros per capita/ano.

A FÁBRICA DA PILSNER URQUELL


A Fábrica da Pilsner Urquell é um complexo enorme, bem próximo do centro da cidade (são cerca de 20 minutos andando a partir da praça principal).
Como já comentamos, ela começou a ser construída em 1839 e desde então, a fábrica vem sendo constantemente ampliada para atender a crescente demanda mundial.

É um ponto de visita obrigatória para os apaixonados por cerveja e já separem no seu roteiro o tempo do tour da cervejaria, que vale muito a pena!
O tour anda com você por, praticamente, toda a fábrica, mostrando um pouco da história da cervejaria, as áreas de produção, envase, insumos e envio para o exterior, etc.

Vagão que transportava as cervejas para os pontos de venda.

Mais para o final do tour, o guia mostra como eram armazenadas as cervejas para a fermentação e maturação. Parece bobeira, mas isso era bem complicado, pois a Pilsner é uma cerveja que usa leveduras Lager. Ou seja, elas precisam de baixas temperaturas para que possam trabalhar corretamente e deixar a cerveja com os sabores e aromas escolhidos.
Só que na época em que a Pilsner Urquell foi criada, não existiam geladeiras com controles de temperatura para baixar a temperatura até o ponto desejado. Para resolver isso, eles colocavam os barris de cerveja naqueles túneis subterrâneos que falamos lá no início.

 São quilômetros de túneis sob a cervejaria.

Isso já ajudava a baixar a temperatura, mas não até o ponto desejado para todo o processo. Então, eles cortavam blocos de gelo e levavam para colocar próximos aos barris.
Os blocos de gelo, aliados ao subterrâneo da fábrica, faziam com que a cerveja ficasse num ambiente com temperaturas baixíssimas (no final do processo, os barris de cerveja precisavam ficar próximos a 0° C), e resultasse numa excelente Pilsner.

Barris no subterrâneo da fábrica.

E o tour termina com a degustação de uma deliciosa Pilsner Urquell não-filtrada tirada diretamente do barril!


Uma experiência que você só terá participando do tour, pois é incrível a sensação de poder tomar essa cerveja dentro dos túneis subterrâneos da cervejaria. Mas, uma dica muito importante: cuidado ao andar pelos caminhos dos túneis! Eles são bem escorregadios e ficam ainda mais depois que você toma algumas cervejas. (É sério! O Anderson caiu que nem uma jaca madura no chão e ficou todo sujo, mas ele levantou e disse que continuava feliz.)


Fábrica da Pilsner Urquell
Endereço: U Prazdroje 7, 304 97 Plzeň 3, República Tcheca
Site: http://pilsnerurquell.com/
Horários: Diariamente, de 08h às 18h

Para agendar o Tourhttp://www.prazdrojvisit.cz/en/
Duração do Tour: cerca de 50 minutos.
Preço: 200 CZK (Coroas Tchecas)

Dica da Maria: Festa na Pilsner Urquell

Em 5 de outubro de 1842 foi aberto o primeiro barril da Pilsner Urquell. Sabemos que isso já foi dito aqui, mas o legal dessa informação é que sempre próximo ao 5 de outubro, a Cervejaria Pilsner Urquell faz uma enorme festa para celebrar esse marco tão importante na história da cerveja e da cidade de Pilsen!


Para nossa sorte, estivemos lá exatamente no final de semana da celebração dos 184 anos da primeira leva de Pilsner Urquell.
E foi impressionante ver como eles montam uma estrutura enorme, com direito a tendas, diversos bares, comidas típicas, oficinas para mostrar a montagem dos barris de madeira, shows e, é claro, muita Pilsner Urquell rolando o tempo todo.


Então, se as datas da sua viagem forem próximas ao dia 5 de outubro, vale dar uma pesquisada para ver se sua passagem por Pilsen coincide com a festa da cervejaria.

E fiquem tranquilos que Pilsen não é só isso. Tem muito mais para falar das cervejas de Pilsen, mas isso é papo para uma outra matéria.

EXPLORE OUTROS DESTINOS CERVEJEIROS DA MARIA CEVADA. CLIQUE AQUI.




Se você curtiu a ideia de viajar e conhecer mais sobre cerveja, a Maria Cevada tem mais uma dica para você.
O Science of Beer está preparando um projeto especial chamado Viagens de Estudos Cervejeiros que irá explorar a Bélgica e uma série de outros lugares na Alemanha e na República Tcheca. Você vai viajar com um pessoal que ama cerveja tanto quanto você, acompanhado de sommeliers reconhecidos no mercado e nem vai precisar se preocupar em organizar hotéis, passagens e deslocamentos. Curtiu? Então mande um e-mail para viagemcervejeira@scienceofbeer.com.br falando que você viu essa dica na Maria Cevada e saiba mais!  A viagem acontecerá em setembro de 2017, passando inclusive pela Oktoberfest - o maior evento cervejeiro do mundo.

Nenhum comentário