Últimas Notícias

10 dicas simples de harmonização de cervejas

A harmonização de cervejas é uma ciência que beira a arte. É difícil criar uma lista que sintetize todas as combinações; Tudo depende: nem todas as cervejas do mesmo estilo fornecem a mesma experiência, da mesma que forma que, ao pesquisar por exemplo, uma harmonização com "carnes brancas", você pode cair no erro de desconsiderar as demais interações do prato como os molhos e acompanhamentos. Tudo isso afeta o resultado.

Por isso, nem ousamos dar aqui um manual de instruções de harmonização. Existem algumas premissas que ajudam a começar no caminho certo, mas boa parte das melhores descobertas vêm através de testes à mesa, estudo e experiências...

Nós preparamos uma listinha de experiências bacanas para que vocês se encantem. No final da matéria, preparamos uma bibliografia para quem quiser enveredar por esse mundo de cervejas e comidas.


1. Para limpar o paladar ao comer alimentos gordurosos como queijos macios e embutidos, use cervejas de alta carbonatação.
Exemplos: Light Lagers, Pilsners, Weizen, Witbier, Saison, Berliner Weisse, Blonde Ale, Trippel, Belgian Golden Strong Ale

2. Aproveitando... Curte um japa? Os orientais já sabiam há muito tempo da necessidade de um ingrediente que limpasse o palato em determinados momentos da refeição. No mundo das cervejas, as mais carbonatadas vão bem nessa função.

3. Queijo brie com fruit beers de frutas vermelhas vira cheesecake na boca. Tenta aí!

4. Se você não curte o defumado das rauchbiers e não consegue terminar um copo inteiro, tome sua cerveja acompanhada de fatias de blanquet de peru. Ameniza bastante.

5. Witbiers levam casca de limão e coentro, também usados como temperos de peixe.
Vão muito bem com filés de peixe branco porque complementam a receita.




6. Aliás, sabe aquela laranjinha da feijoada? Experimente uma witbier que leve casca de laranja!

7. Cervejas amargas deixam comidas apimentadas ainda mais apimentadas.
Estilos como as India Pale Ale, por serem mais alcoólicas, pioram ainda mais essa sensação.

8. Se você ainda não consegue tomar cervejas ácidas como gueuze, sour ale e lambics, experimente harmonizá-las com comidas bem salgadas. O sal corta o ácido da cerveja.

9. Cervejas com características frutadas e carbonatadas como as hefeweizen e as saison são ótimas para acompanhar frutos do mar mais adocicados como lagostas, caranguejos, vieiras, etc.
Essas cervejas ressaltam o adocicado natural dos alimentos ao mesmo tempo que limpam o palato.

10. Se estiver na dúvida na hora de harmonizar, comece pensando na intensidade. Uma comida leve vai perder seu brilho com uma cerveja muito intensa e vice-versa.

Bibliografia de harmonização:


  • Livro: A Mesa do Mestre-cervejeiro - Descobrindo os Prazeres das Cervejas e das Comidas Verdadeiras | Autor: Garrett Oliver
  • Livro: Beer, Food, and Flavor: A Guide to Tasting, Pairing, and the Culture of Craft Beer | Autor: Peter Zein
  • Livro: Larousse da Cerveja | Autor: Ronaldo Morado
  • Livro: Tasting Beer | Autor: Randy Mosher


Confiram também o gráfico explicativo da CraftBeer.com:







Nenhum comentário