Últimas Notícias

Reta final do concurso Mestre Cervejeiro da Eisenbahn

Amostras devem ser recebidas pela organização até o dia 29 de setembro



Desde 2007, a Eisenbahn organiza o Concurso Mestre Cervejeiro, o primeiro e maior realizado por uma cervejaria brasileira. Em sua sexta edição, a disputa elegerá a melhor Irish Red Ale produzida por um cervejeiro caseiro. O ganhador assinará a sua receita, produzida pela Eisenbahn, como edição limitada. Além de escolher o nome da cerveja, sua assinatura estará no rótulo.

No concurso, apenas cervejeiros caseiros podem participar com criações de sua autoria. A cada ano, diferentes estilos de cerveja são avaliados. Diversos profissionais ligados à área cervejeira como jornalistas, mestres cervejeiros, comerciantes de cerveja, entre outros, são convidados a compor o júri. Todas as cervejas são avaliadas em degustação às cegas e nenhum juiz tem acesso às informações referentes ao autor.


O evento de seleção e avaliação das amostras pelos jurados convidados pela Eisenbahn acontece em Blumenau, nos dias 10 e 11 de outubro. Ao final do evento, serão divulgados os 15 finalistas do concurso.

Confira aqui o site do concurso

Independentemente de ser um dos finalistas, todos os cervejeiros participantes irão receber um feedback a respeito da análise feita por meio do Beer Analyzer, um equipamento de alta precisão que indica parâmetros como teor alcoólico, densidade, calorias e grau de fermentação, entre outros itens. Esses resultados servem como ferramenta básica para o cervejeiro fazer ajustes em sua receita e em seu processo de produção. Além disso, os concorrentes também receberão a avaliação do júri completo.

Saiba mais sobre o estilo desse ano

O estilo é marcado por cervejas complexas e bem elaboradas. Uma de suas principais características está na aparência cuja cor é vai de âmbar a cobre avermelhado profundo. Quanto ao aroma, o malte deve ser de baixo a moderado e o lúpulo, geralmente é ausente ou muito baixo. No sabor, o dulçor é moderado de malte caramelo, ocasionalmente com um tostado amanteigado ou lembrando toffee. Seu final deve ter um leve gosto de grão torrado, que trará uma típica secura no final. (Amargor: 18-28 IBU. Densidade Original: 1.036 – 1.046. Densidade final: 1.010-1.014. Álcool: 3,8% – 5,0% v/v. Cor: 9-18 SRM, de acordo com o Beer Judge Certification Program 2015).

Quem já venceu?

Ano passado, o vencedor do 5º Concurso Mestre Cervejeiro foi Anderson Faller, responsável por produzir a melhor Belgian Blond Ale, nomeada de Eisenbahn Ventura. Em 2013, foi a vez de Fabert Araújo, cuja receita de American India Pale Ale, designada como Frosty Bison, foi escolhida como a vencedora. Já na 3ª edição do concurso, em 2009, quem levou a melhor foi o cervejeiro Sandro Sebastião que teve uma Dubbel escolhida como a melhor cerveja caseira, a São Sebá. O 2º concurso, aconteceu em 2008, e o vencedor foi Ivan Steinbach, dono da receita de uma Porter, nomeada como Joinville Porter. Em 2007, a primeira edição presenteou o cervejeiro Leonardo Botto, que produziu uma Belgian Dark Strong Ale, a icônica A Dama do Lago.


Nenhum comentário