Últimas Notícias

Na teoria: Rauchbiers

Por Amanda Henriques

Cerveja de bacon? No episódio de hoje nós falamos das cervejas de sabor defumado, as rauchbiers. A comparação não é absurda: a principal característica das Classic Rauchbier - Smoked Beer é a utilização do malte defumado que entrega à cerveja um sabor forte torrado ou tostado que pode sim, lembrar comidas como bacon e barbecue. E no aroma não é diferente!



As rauchbiers apresentam coloração escura e sabor intenso, mas são cervejas leves em termos de teor alcoólico e amargor. Ficam entre 4,8 a 6% de álcool e não ultrapassam os 30 IBU (escala de amargor que vai de 0 a 120).

As rauchbier são cervejas ótimas para harmonizar com carnes vermelhas. Vale tentar experimentar uma rauchbier em um dia de churrasco ou de feijoada e perceber como os sabores defumados completam a experiência.

Quer experimentar? Segue uma listinha com algumas rauchbier para você caçar:

- Eisenbahn Rauchbier (é a mais acessível, um pouco adocicada)
- Bamberg Rauchbier (uma boa rauch! Bem custo-benefício)
- Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen (a clássica alemã)
- Aecht Schlenkerla Rauchbier Weizen (uma rauchbier com a pegada do trigo!)
- Aecht Schlenkerla Rauchbier Urbock (é sazonal, maturada em barris de cobre... Ainda não provei!)
- Mikkeller Rauchpils (uma rauch que não esconde seus lúpulos, não tem medo de ser feliz)

Sobre o estilo

As rauchbier compõem o estilo Smoked Flavored & Wood Aged Beer que agrega as cervejas com sabores defumados e amadeirados. Nesse estilo encontramos as Rauchbiers clássicas (como a Aecht Schlenkerla Rauchbier Marzen), as rauchbiers com teor alcoólico variável e que passam por outros processos de defumação - Other Smoked Beer - e as Wood-Aged Beer que são maturadas em barris antes utilizados na produção de outras bebidas como uísque, rum, bourbon... Todas são belíssimas representantes do papel da madeira na produção de cerveja, seja no processo de defumação ou nas ricas experiências do sabor agregado ao material no caso dos barris das Wood-Aged.

Valeu pessoal, até o próximo episódio do Cervejando.
Toda quarta-feira, na Maria Cevada

Nenhum comentário